O que é afasia?

O que é afasia?
Provavelmente você se deparou com afasia pela primeira vez há
pouco tempo. No início afasia causa muitas dúvidas, como: o que é afasia,
como esta ocorre, e quais problemas adicionais podem ocorrer?
O que é afasia?
Todo ser humano faz uso da linguagem. Falar, achar as palavras
certas, entender, ler, escrever e fazer gestos fazem parte do uso da
linguagem. Se como resultado de uma lesão cerebral uma ou mais partes do
uso da linguagem pararem de funcionar apropriadamente, isto é chamado
afasia. Afasia – A (=não) fasia (=falar) significa por este motivo que uma
pessoa não é mais capaz de falar o que ele ou ela gostaria. Ele ou ela não
pode mais fazer uso da linguagem. Além de afasia, paralisia também pode
ocorrer e/ou problemas com:
Ações cotidianas,
-
Observação dos arredores,
-
Concentração, iniciativa para falar e memória.
-
Incapacidade para fazer duas coias ao mesmo tempo.
-
Muitas pessoas experienciam esta frustração durante uma viagem
internacional, onde não são capazes de dizer claramente o que gostariam,
ou de não entender apropriadamente o que outra pessoa diz. Mas até
mesmo no nosso país é possível experienciar este tipo de situação, como
por exemplo, durante uma visita ao médico. Em países nos quais nos
não dominamos a língua muito bem, nossa capacidade de comunicação
com a população local se torna mais limitada e não é sempre que temos
sucesso, como por exemplo, ao solicitar a refeição que gostaríamos de
comer. Pessoas que sofrem de afasia experienciam este problema todos os
dias. Afasia é uma alteração da linguagem. Não existem duas pessoas que
sofrem de afasia igualmente: afasia é diferente para cada um. A severidade
e a extensão da afasia depende, entre outras coisas, da localização e da
severidade da lesão cerebral, da competência linguística anterior e da
personalidade do indivíduo. Algumas pessoas com afasia podem entender
a linguagem, mas tem problemas para achar as palavras certas ou para
construir sentenças. Outros ao contrário tendem a falar em demasia, mas o
que eles falam é difícil de se compreender, geralmente, estas pessoas tem
muitos problemas para entender a linguagem. A competência linguística da
maioria das pessoas com afasia está em algum lugar destes dois extremos.
Mas preste atenção: pessoas que sofrem de afasia em geral tem a sua
competência intelectual a sua plena disposição!
Quase sempre há alguma recuperação espontânea de linguagem
quando a afasia se desenvolve. Esta recuperação é rara ou nunca completa.
Mas, com muitos exercícios, esforço e perseveran

O Desenvolvimento da Afasia
Afasia se desenvolve como resultado de uma lesão cerebral. A origem
desta lesão cerebral é na maioria dos casos decorrente de alterações nas
veias e artérias do cérebro. Tais disordens são chamadas de derrame,
hemorragia cerebral ou apoplexia. Em termos médicos isto é chamado de
AVC: acidente vascular cerebral. Outras causas para o desenvolvimento de
afasia podem ser por exemplo, um trauma (uma lesão cerebral decorrente
de um acidente de carro) ou um tumor cerebral.
Nosso cérebro precisa de oxigênio e glicose para funcionar
corretamente. Se como resultado de um AVC ou outros problemas, a
circulação sanguínea cerebral é prejudicada, as células cerebrais morrem
na área onde houve falta de circulação. No cérebro há várias áreas com
diferentes funções. Para a maioria das pessoas as áreas responsáveis pela
linguagem estão localizadas no lado esquerdo do cérebro. Em caso de
danos em áreas responsáveis pela linguagem nós falamos em afasia.
Quais problemas adicionais podem ocorrer?
Raramente uma pessoa sofre apenas de afasia. Frequentemente
outras áreas do cérebro são afetadas também. Exemplos de problemas
adicionais que podem ocorrer são:
Hemiplegia. Para pessoas com afasia a área afetada é frequentemente
-
a parte direita do corpo. A condução dos músculos em um lado
do corpo está afetada, e como resultado disso os músculos não
colaboram bem.
Hemianopsia ou hemiopia. Perda de parte campo de visão. Neste
-
caso a pessoa é capaz de ver tudo o que está localizado no lado da
sua parte saudável do corpo, mas não consegue ver os objetos que
estão localizados no seu lado doente.
Apraxia. Desconhecimento de como realizar sequências de ações.
-
Ações simples como se vestir, comer e beber podem de repente
não serem feitas conscientemente. Alguém que sofre de apraxia, por
exemplo, não sabe como assoprar uma vela quando solicitado (ação
consciente), no entanto, eles o fazem automaticamente quando
segurando um fósforo e este estiver queimando o seu dedo.
Disfagia. Problemas com comer, beber e deglutir. Devido a lesão
-
cerebral alguns músculos responsáveis pela mastigação e deglutição
podem ser paralisados, muito sensíveis ou até mesmo perderem a
sensibilidade. Isto torna comer e beber uma tarefa muito difícil. Devido
a paralisia e perda de sensibilidade em parte da face, pode haver
escape de saliva por um dos cantos da boca sem ser percebido.
Problemas de memória. Quando lembramos informações a linguagem
-
desempenha um papel muito importante. Devido aos problemas de
linguagem o funcionamento da memória também e prejudicado.
Desta forma, sempre anote algumas palavras chaves, isto tornará
mais fácil a tarefa de lembrar coisas para a pessoa com afasia.
Reações diferentes. Algumas vezes pessoas reagem de forma

completamente diferente depois de sofrer um derrame do que
costumavam reagir anteriormente. O controle para expressar
emoções se torna mais difícil. É possível que esta pessoa ria ou
chore mais frequentemente. Também é possível que isto lhe cause
mais esforço para parar de chorar ou rir.
Epilepsia. Quando o cérebro se recupera de uma lesão é criado
-
um tecido cicatricional. Como resultado deste tecido o corpo
convulsiona, causando frequentemente problemas para respirar ou
perda de consciência. Uma crise epiléptica dura poucos minutos,
mas frequentemente é inesperada e amedontra a pessoa que sofre
um ataque epiléptico e também a sua família.
A lista acima de problemas adicionais não é completa pois o
sintomas de afasia e as consequências adicionais são diferentes para
cada ser humano. Cada problema mencionado acima
pode ocorrer em combinação com afasia, mas não necessariamente
tem qu ocorrer
.
Tratamento da Afasia
Muitas pessoas que sofrem de afasia foram recentemente
hospitalizadas por algum tempo. Esta hospitalização frequentemente
ocorre depois da lesão cerebral ter ocorrido. Depois de ter alta do hospital
muitas pessoas com afasia ainda necessitarão de tratamento. Nem sempre
é claro a quem eles devem recorrer para ajuda. Por favor consulte-se com o
seu médico sobre as possibilidades na sua cidade. O tratamento da afasia
é quase sempre dado por Fonoaudiólogos. A príncipio qualquer pessoa
sofrendo de afasia é elegível para terapia fonoaudiólogica. A duração do
tratamento é, entre outras coisas, conectada com a recuperação da afasia,
e com as possibilidades e regulações disponíveis no seu país.
Orientações para a comunicação
Devido à afasia a maneira na qual o afásico entende o mundo ou a
maneira de se expressar sofre uma mudança. Através da melhor utilização
possível das habilidades comunicativas remanescentes do afásico, ainda
é possível se comunicar com ele. Uma pessoa com uma afasia severa
frequentemente entende apenas as palavras mais importantes de uma
sentença. Esta pessoa apenas compreende as chamadas “palavras –
chaves”. No entanto, entender o mundo à sua volta somente através do
significado de pelavras – chaves pode causar desentendimentos, pois
a combinação de palavras com o conhecimento geral de mundo não é
suficiente para a compreensão correta da mensagem dada. Muitas vezes
as pessoas que rodeiam o afásico pensam que eles se entenderam muito
bem, mas uma reação negativa deste demonstra que este não era o caso.
Se você gostaria de contar alguma coisa para alguém com afasia
Primeiramente, reserve um tempo para a conversa. Sente-se
confortavelmente e faça contato visual com ela.
Se você estiver ansioso para ter esta conversa, apenas diga algo
simples sobre você mesmo e faça perguntas que você já saiba a
resposta.
Fale devagar e com sentenças curtas, reforçando as palavras mais
importantes da sentença.

Escreva as palavras mais importantes. Repita a mensagem e dê
ao paciente o papel que você escreveu. O paciente afásico poderá
utilizar estas notas como um lembrete ou como uma forma para se
comunicar.
Ajude a pessoa com afasia a se expressar quando esta demonstras
problemas para se comunicar. Você pode fazer isso através de
apontar (para um objeto), gestos, desenhos ou escrever algo sobre
o que está sendo dito. Procure juntos em dicionários ou em livros de
conversação.
Se alguém com afasia quiser lhe contar algo
Primeiramente, deve estar claro quem está envolvido, o que acontece
ou o que acontenceu, e possivelmente onde e quando o evento ocorre
ou ocorreu. É muito importante que você escolha as questões de uma
maneira correta, seja criativo e proceda o mais sistematicamente possível.
Sempre tente fazer perguntas com mais de uma resposta, onde você liste
os problemas que podem ocorrer entre uma escolha e outra.
Suportes comunicativos
Em muitos países existem livros especiais contendo figuras para
serem apontadas, palavras e desenhos. Apontando as palavras ou figuras
pode se ter certeza do que está sendo dito. Consulte o seu médico ou
fonoaudiólogo se por acaso este tipo de ajuda já está disponível no seu
país. Se este não for o caso, você mesmo pode fazer o seu livro de
comunicação. Neste você pode incluir figuras ou imagens e palavras que são
importantes para uma pessoa com afasia. Desta forma uma conversa sobre
acontecimentos pode ser realizada e sentimentos podem ser discutidos.
Quando estamos comunicando com alguém com afasia, através de figuras
ou de um livro de comunicação é possível procurar juntos por conceitos que
são importantes para a conversa. Garanta que você tenha uma caneta e um
papel por perto. Você pode fazer anotações das palavras mais importantes
desta conversa, desta forma se torna mais fácil seguir e lembrar dos
conteúdos discutidos.
Paciência conquista tudo
Para se ter uma conversa com um afásico é importante ter tempo e
paciência. Apesar das dicas acima pode acontecer que vocês realmente não
se entendam. Deixe o assunto descansar por um tempo, e tente novamente
depois, você provavelmente terá sucesso!
Informações adicionais
No website da Associação Internacional de Afasia (AIA) você
pode encontrar mais informações sobre afasia em várias outras línguas:
www.aphasia-international.com
Onde você também encontrará links de
associações nacionais de afasia que oferecem informações na sua língua
materna.
O objetivo deste website é trazer atenção para o problema da afasia
e também estimular o contato de grupos de afásicos, prevenindo que
pessoas sofrendo de afasia terminem em isolamento social.

Basilian









Sem comentários:

Enviar um comentário